Geral

20/07/2018 16:58 Carlos Alberto de Lima/Ascom

Alta Floresta tem um grande potencial, não perdemos para ninguém, afirma Sérgio Passos

Sergio Passos, diretor de Indústria, Comércio e Turismo da Secretaria de Desenvolvimento, esteve recentemente, a pedido do Prefeito Asiel Bezerra, acompanhando a equipe de filmagem da produção de Hóspede Americano – Filme que retrata a visita do presidente Theodore Roosevelt a MT, e que escolheu o nosso município como cenário de gravação de parte dessa história.

“Fomos destacado pelo prefeito com aval da antiga secretária Elsa e depois com a secretária Célia para acompanharmos e sermos o elo desse empreendimento com o município”, disse Passos observando que o grande lance disso tudo foi a percepção obtivacom o feito. “Alta Floresta tem que acreditar mais em si mesma. Temos um potencial que nós mesmos não percebemos, tanto é que eles gastaram esse volume todo de dinheiro aqui – aproximadamente oito milhões – sem precisar se socorrer a outro lugar, já que tudo era encontrado aqui,só os equipamentos técnicos que eles trouxeram, utilizaram inclusive até alguns atores e figurantes nossos e a gente também exportou serviços pra outras cidades de Mato Grosso, onde fomos gravar, que não tinham condições de suprir”, elogiou.

Para o diretor do Departamento de Indústria e Comércio, da Secretaria de Desenvolvimento,esse foi o legado observado e constatado com esse acontecimento, o potencial que nossa cidade tem, tanto para absorver um evento dessa magnitude, na parte técnica de logística, hospedagem, receptividade, transporte, compra de equipamento, alimentação etc.“Isso nós não devemos nada a nenhuma cidade do Brasil”, compara.

Outra observação feita por Passos foi a arrecadação do município que aumentou significativamente porque tudo que foi feito, por conta da obrigatoriedade das notas fiscais, da prestação de contas, notou-se que além da rotatividade de 300 pessoas desse meio de cinema que conheceram Alta Floresta, tudo foi feito com nota fiscal e aí se notou, destaca o diretor, a falta de hábito do altaflorestense em pedir a nota fiscal. “Muitas vezes a empresa tem a nota fiscal, mas nem sabe como tirar essa nota fiscal e, com isso, a gente percebe que o município deixa de arrecadar”, afirma. “Então existe uma reclamação muito grande em cima da gente, com relação aos deveres da prefeitura, mas os direitos da prefeitura em receber os seus impostos está sendo negado, chegando-se ao absurdo de algumas empresas até se negarem a dar essa nota fiscal”, completa.

Outra coisa observada e reclamada por Passos é a deficiência que o município apresenta em relação à sinalização para identificação do nosso potencial turístico que precisa ser alavancado. Foram 300 pessoas com 40 caminhonetas rodando sem saber da existência e aonde de muita coisa, como o museu, a caldeira, os hotéis, a paineira, os rios, como o próprio Cristalino. “Precisamos pensar em tudo isso, juntamente com o CONTUR, a Secretaria de Trânsito e a de Planejamento”, sugere. E para concluir: “Aprendemos com eles e se já somos bons assim, se dermos suporte, vamos ser muito melhores” profetiza.


O site Florestanet, foi o primeiro site de notícias de Alta Floresta, teve a sua operação iniciada em 1999, sendo um dos pioneiros no jornalismo on-line.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo