Geral

11/06/2018 17:19 Eliza Gund/FlorestaNet

Disk Denúncia: Fiscalização contra queimadas urbana em Alta Floresta deve ser intensificada

Responsável pela secretaria municipal de Desenvolvimento, que abrange as diretorias de Meio Ambiente e Indústria, Comércio e Turismo, a secretária Célia Castro esteve nos estúdios da rádio Bambina FM 96,9 participando do programa Atualidades, onde falou sobre a situação enfrentada no período de estiagem das chuvas, respondendo a questionamentos de ouvintes sobre a prática de atear fogo para se desfazer principalmente de folhas de árvores. Conforme Castro, multas que podem chegar a R$ 15 mil devem ser aplicadas, de acordo com cada caso. Um número de plantão para denúncias está disponibilizado pela secretaria, e o preparo da Brigada Municipal de Combate à Incêndios já está sendo preparada.

COMDEMA

De acordo com a secretária, o Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente está desativado, motivo pelo qual os trabalhos acabam ‘travados’, “Nós estamos pela secretaria de Desenvolvimento através da direção de meio ambiente, realmente fazendo atendendo as denúncias que estão chegando e multando, na verdade nós estamos fazendo isso, o que de repente pode não estar muito aparecendo, é que nós estávamos com o Conselho de Meio Ambiente, desativado. A maior parte destas multas a gente tem um processo interno que depende do Conselho pra efetivar”, explicou Castro frisando que um projeto para reativação do Conselho já foi encaminhado à Câmara Municipal de Vereadores, e deve ser votado nas próximas sessões, “logicamente que a gente preferia não emitir nenhuma multa, mas, se de repente for assim que a sociedade entende, porque as pessoas sabem, não é Alta Floresta falando, é o mundo inteiro falando que não é pra queimar, e as pessoas acham eu queimar folha não estão fazendo queimada”.

MULTAS

Castro ainda complementa que as multas aplicadas variam entre R$ 300,00 e R$ 15 mil, indagada se pode acontecer a prisão em caso de descumprimento à lei, se a pessoa for flagrada ateando fogo por exemplo, a secretária afirma que somente em caso de desacato, ou não pagamento da multa aplicada, frisando que, “Se não pagar vai pra dívida ativa, porque na verdade é esse o procedimento natural do Poder Público”.

Ainda durante o bate-papo, a secretária destacou a importância de planejamentos. “Eu mesma sou formada em administração de empresas, pra mim é difícil fazer uma ação sem saber pra onde você vai chegar com essa ação, então nós precisamos dessa consciência enquanto poder público, tomar as rédeas da situação, no sentido de que precisa, o município está crescendo, a gente vê vários loteamentos, várias empresas chegando, então nós precisamos nos organizar”.

BRIGADA MUNICIPAL

Anualmente o município cria a Brigada Municipal de Combate à Incêndios, que auxilia o Corpo de Bombeiros Militar no combate a focos de incêndios em áreas verdes e zona rural. “A brigada já é um compromisso nosso juntamente com o Bombeiro, já tivemos uma reunião, estamos providenciando as pessoas que vão fazer parte da Brigada onde o Corpo de Bombeiros faz toda a parte de treinamento e a nossa próxima reunião está marcada agora para o dia 15 pra gente realmente finalizar isso através do termo de cooperação, para que possa ser atendida a população. É um trabalho que vem dando certo no município, ela fica só pelo período da seca, depois a Brigada é desativada, tem surgido efeito então a gente vai continuar esse trabalho juntamente dom o Corpo de Bombeiros”.

Constantes denúncias são recebidas pela rádio Bambina de focos de incêndios em lixos domésticos, principalmente nos finais de semana, sobre esta situação, Castro afirma. “Na secretaria me coloco totalmente a disposição para a gente estar respondendo, ver cada situação, porque eu acho que é o mínimo que podemos fazer por cada cidadão, é pra isso que estamos lá, pra atender, fazer o nosso serviço”. A secretaria de Desenvolvimento está localizada na Avenida Ariosto da Riva, em frente ao Procon, no prédio da Ceplac.

DISK DENÚNCIA

O número (66) 9.8422-5894 é a ferramenta que os munícipes têm, e futuramente com o aplicativa de mensagens instantâneas, WhatsApp, para denúncias em casos de focos de incêndio. “Na questão do meio ambiente nós estamos adquirindo um celular, porque as denuncias poderão ser feitas através do ‘zap’, e também a notificação, isso vai facilitar bastante, porque se de repente você viu que está queimando você pode mandar uma foto, e através dessa foto a gente consegue notificar. Infelizmente tem muitas coisas que acontecem que a gente realmente não tem condições de estar em todo lugar ao mesmo tempo, mas a partir do momento em que a gente multa um e outro a fofoca corre rapidamente e as coisas entram mais no eixo”, concluiu Célia Castro, secretária municipal de Desenvolvimento.


O site Florestanet, foi o primeiro site de notícias de Alta Floresta, teve a sua operação iniciada em 1999, sendo um dos pioneiros no jornalismo on-line.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo