Geral

18/05/2016 07:33 Da Redação: Reginaldo Ribeiro

“Censo sem consenso”, Qual o real número de habitantes de Alta Floresta?

Questionar os resultados de pesquisas realizadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) é direito, e mais, é dever de qualquer município (administração) que porventura discorde dos dados apresentados pelo instituto. Alta Floresta, assim como centenas de outras cidades no Brasil, poderia solicitar uma ‘retificação’, ou por si só desenvolver ação para averiguar a veracidade do número de habitantes atualmente apresentados pelo IBGE.

Números (atuais)


No período que compreende os últimos seis anos o município de Paranaíta registrou aumento médio de quase 26 habitantes/ano. Já a cidade de Carlinda perdeu uma quantia considerável de munícipes, cerca de 104 habitantes/ano. Na região o município que registrou maior aumento populacional foi Alta Floresta. Segundo o IBGE o município teve aumento médio de 137 novos habitantes, em cada um dos últimos seis anos.


Os municípios podem, e têm mecanismos acessíveis para fazer o ‘contraponto’ e sanar as duvidas pertinentes ao assunto. As Secretarias de Planejamento, Saúde e outros Departamentos da Administração, podem ser utilizados para averiguar, por exemplo, famílias que não foram recenseadas, e ao final apresentar relatório oficial ao IBGE. (dica)

O aumento populacional em Alta Floresta fica aquém do que a percepção visual demonstra. Para tanto, basta efetuar um pequeno deslocamento nos arredores da cidade e atentar para as inúmeras construções em execução, e as já concluídas. Vários Bairros registram expansão gigantesca em número de residências. Diante de toda a “cena”, a sensação é de que os dados apresentados pelo IBGE não condiz com a realidade.

Diante das tabelas desenvolvidas para o Florestanet, nota-se que o aumento populacional apresentado é passível de contestações. Por exemplo, o município de Paranaíta, que há pouco tempo foi impactado pela construção de um grande empreendimento. A Hidrelétrica Teles Pires tinha em seu quadro funcional cerca de 6 mil trabalhadores na fase de pico da Obra. Uma grande parte dos homens e mulheres que se deslocaram para aquela cidade a procura de trabalho, lá permanecem até os dias de hoje. E muitos destes hoje, juntamente com suas famílias, são moradores de Alta Floresta.

Caso Alta Floresta mantenha o nível de crescimento populacional apresentado pelo IBGE, uma projeção facilmente desenvolvida aponta que em 10 anos teremos somente 1.370 habitantes a mais. A projeção foi feita com base nos dados do IBGE (2010 à 2015).

Na balança

O número de habitantes pode gerar vários ganhos aos municípios, por exemplo, o FPM, que é um recurso justo, pois, por força de lei, se dá de acordo com o Censo Demográfico realizado pelo IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e estatística, que faz a contagem da população de cinco em cinco anos e produz estimativas populacionais a cada ano para que sejam ajustadas as transferências de acordo com cada faixa populacional, mas caso a contagem tenha defasagem o município perde. 

Faixa de Habitantes

Coeficiente

Valor médio (R$)

De 44.149 a 50.940

2,0

1.096.312,42

De 50.941 a 61.128

2,2

1.205.932.30

De 61.129 a 71.316

2,4

1.385.822,11

Crescimento e tempo

A projeção da população do Brasil e das Unidades da Federação segundo o IBGE demonstra que é acrescido um habitante a cada 20 segundos. No estado do Mato Grosso o tempo médio para aumento da população é de um habitante a cada 13min e 12 segundos.

 


O site Florestanet, foi o primeiro site de notícias de Alta Floresta, teve a sua operação iniciada em 1999, sendo um dos pioneiros no jornalismo on-line.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo